Welink Legal Welink Legal
Jurilink por necessidade

Jurilink por necessidade

Utilização indevida de bens empresariais

A má utilização dos bens da empresa pode ser feita tanto por empregados como por terceiros, e consiste em cometer fraude e, subsequentemente, roubar à empresa. Ao roubar bens da empresa e utilizá-los para os seus próprios fins, os empregados ou terceiros cometem o que é conhecido como "fraude interna" e criam uma relação de desconfiança entre eles próprios e a organização.

 

O uso indevido de bens da empresa é um delito grave e, como proprietário ou gerente de uma empresa, pode ter de lidar com tais situações com mais frequência do que seria de esperar.  É por isso que é aconselhável ter a bordo um advogado experiente e qualificado para se sentir seguro nos bens da sua empresa e poder lidar com qualquer caso de utilização indevida de forma rápida e eficaz.

Abuso de fraqueza

Abuso de fraqueza é o abuso deliberado de uma pessoa considerada vulnerável, quer física, mental, económica, ou socialmente. Para que um caso seja atribuído o estatuto de abuso de fraqueza, tem de envolver a parte acusada a aproveitar-se da vítima de uma forma intencional que resulte em algum tipo de dano.

 

O abuso da fraqueza é infelizmente bastante comum dentro das organizações - sejam elas grandes ou pequenas, privadas ou públicas, de que os empregados se veem frequentemente aproveitados, sobretudo quando estão em posição mais baixa na hierarquia. A denúncia de abusos deste tipo é sempre aconselhável, e a parceria com um advogado qualificado especializado em direito do trabalho pode ajudar o empregado visado a lidar com a situação de uma forma que lhe garanta o exercício de todos os seus direitos.

Acidente de trabalho

Um acidente de trabalho refere-se a uma ocorrência específica que pode ser definida no tempo e descrita, e que conduz a danos físicos ou psicológicos. Pode ser causado por um ataque deliberado de outro empregado ou empregador, ou pode ser completamente acidental - resultante, por exemplo, do mau funcionamento de maquinaria pesada ou de qualquer tipo de equipamento pelo qual a empresa é responsável.

 

Os acidentes de trabalho são normalmente tratados pelo departamento de Recursos Humanos da empresa e, dependendo da gravidade da situação, em conjunto com um representante legal interno ou um advogado externo tipicamente especializado em direito laboral e na proteção dos empregados. 

Acidente de viação/trabalho

Os acidentes rodoviários ou de trânsito referem-se aos casos em que um veículo sofre um acidente e resulta no dano de pelo menos uma pessoa, ou dois ou mais veículos ou peões criam uma colisão que resulta em danos físicos a uma pessoa e/ou danos a um veículo. Estes tipos de acidentes são resolvidos através do recurso aos serviços de um advogado qualificado, e muitas vezes incluem elementos de chamada e testemunhos subjetivos, bem como declarações de testemunhas, quando aplicável.

Acordo coletivo

Um acordo coletivo é definido como um acordo negociado entre duas partes, nomeadamente o empregador e a representação legal do trabalhador, que estabelece as condições de emprego, bem como as taxas de remuneração e os termos e condições relacionados com o trabalho. Este tipo de acordo não é tipicamente aplicável por lei, mas implica, no entanto, o envolvimento de uma entidade jurídica, uma vez que inclui a determinação de cada um dos direitos e obrigações do empregado e do empregador.

 Administração de propriedade/ proteção jurídica

A administração de propriedades consiste na atividade de realizar certos procedimentos administrativos relacionados com a gestão de propriedades, e está principalmente implicada em dois objetivos: (1) assegurar que a propriedade permanece valiosa e (2) geri-la adequadamente e evitar danos. Todos os tipos de bens, tangíveis ou intangíveis, são passíveis de proteção jurídica por um advogado especializado em direito de propriedade.

 

Um advogado de propriedade trata da resolução de litígios sobre elementos entendidos como tendo riqueza, e é especificamente informado e influenciado pelo estado atual da economia e pela estrutura das instituições dentro de uma dada comunidade ou sociedade.

Adoção

A adoção é um processo legal que envolve a redefinição das relações entre os membros de uma família, em que os direitos e responsabilidades de cada uma das crianças e do(s) progenitor(es) biológico(s) são extintos e são instaurados novos direitos e responsabilidades entre a criança e o(s) progenitor(es) adotivo(s).

 

Como tal, é um procedimento legal que resulta na criação de uma nova relação familiar reconhecível pela lei, e que tinha estado ausente antes da adoção. As adoções requerem tipicamente a intervenção de um advogado de família qualificado, com experiência ideal em matéria de adoção e direitos da criança.

Agente comercial

Um agente comercial é uma pessoa cuja função é encontrar clientes para a empresa pela qual foram contratados. Por vezes referido como um representante comercial privado, a responsabilidade de um agente comercial é encontrar clientes potenciais para um negócio e trabalhar para transformar os contactos em clientes reais e pagantes. Os agentes comerciais podem ser entendidos como sendo compensados caso a caso, em que só são pagos em comissão após o cliente que contribui para o negócio se tornar um cliente pagador.

 

O trabalho de um agente comercial é peculiar na medida em que lida diretamente com pessoas e funciona como se fossem as que estão a ser compradas e vendidas, tornando o seu trabalho viável enquanto o agente for capaz de ser produtivo.

Ajuste de sentenças

O ajustamento da pena é o procedimento legal que consiste em modificar a pena de um recluso, devido à ocorrência espontânea de acontecimentos particulares, à aquisição de novas provas, ao bom comportamento, ou a outros fatores que possam contribuir para que a pena de um recluso seja encurtada ou alongada.

 

Os ajustamentos de sentença exigem a intervenção de advogados especializados em direito penal, quer fornecidos pelo Estado ou contratados pelo recluso ou pela sua família. Este tipo de processo é significativamente diferente dependendo da área ou país em que é realizado, uma vez que o direito penal e os seus regulamentos dependem em grande parte do clima social, político e económico do país em questão. 

Desenvolvimento territorial

O objetivo do desenvolvimento territorial é tipicamente promover e aumentar a competitividade entre diferentes territórios espaciais. Consiste em contribuir para o desenvolvimento de um espaço físico, muitas vezes rural, envolvendo as partes interessadas; e é geralmente entendido como a prevenção de potenciais problemas no território, bem como a sugestão de soluções para resolver os problemas existentes.

 

O território em questão é referido como um "território em desenvolvimento", e o próprio processo implica o envolvimento da comunidade e requer a contribuição dos seus habitantes no processo de tomada de decisão, de acordo com o que entendem como contribuindo para o bem-estar da área, tendo em vista as instituições que já fazem parte da mesma.

 

A realização de um projeto de desenvolvimento territorial implica o envolvimento de um advogado qualificado, especializado em direito ambiental ou rural, uma vez que qualquer ação de modificação de um território é obrigada a aderir aos regulamentos locais e a assegurar a proteção da terra e do ambiente em questão. 

Direitos dos animais

O direito dos animais é a área de prática jurídica que supervisiona os direitos e a proteção dos animais, e envolve a perseguição penal em casos de crueldade animal, a defesa de certos direitos dos animais, e a legislação de questões relativas ao tratamento de animais em ambientes empresariais, por exemplo em explorações agrícolas. Um advogado qualificado em animais é proficiente nas atuais questões e legislação relacionadas com animais, e o seu trabalho envolve normalmente a realização regular de investigação e a preparação e arquivo de documentos legais. 

Lei da arte

O direito da arte faz parte da disciplina mais ampla do direito da propriedade intelectual, e regula a utilização, criação, distribuição e publicidade da arte. A lei da arte trata sobretudo da questão da atribuição de obras de arte ao seu artista, e pode, como tal, sobrepor-se às áreas de prática do direito de autor e do direito contratual.

 

Os advogados especializados em arte assistem os seus clientes em casos de recuperação de arte roubada, tratando da violação dos direitos de autor, proteção do seu nome comercial, abordando a difamação, e regulamentando e supervisionando potenciais acordos de patrocínio, para citar alguns exemplos. 

Asilo

Asilo refere-se ao ato levado a cabo por um Estado para proteger um indivíduo que deixou o seu país de origem como refugiado político. É geralmente definido como procurar refúgio para evitar ou escapar à perseguição, que pode ser fundamentada em vários fatores sociais, políticos e individuais.

 

Por exemplo, pode-se procurar asilo de perseguição devido à sua raça, religião, inclinações políticas, ou à sua pertença a qualquer grupo social que seja ativamente oprimido ou vitimizado no seu país de origem. Os casos de asilo requerem o envolvimento de advogados especializados em direito internacional, social, e nacionalidade ou cidadania, experientes na área dos direitos das vítimas, e com a perícia adequada para lidar com menores, se o caso de asilo implicar uma ou mais crianças. 

Arbitragem 

Também referida como mediação, a arbitragem consiste no processo de resolução de uma disputa usando um ou mais árbitros, que são entendidos como sendo os decisores finais. Ao contrário dos procedimentos judiciais, a arbitragem é uma solução de disputa privada que apresenta uma alternativa viável e a sua escolha em vez de ir a tribunal depende muitas vezes da gravidade da questão.

 

É um procedimento confidencial, e em que as partes envolvidas escolhem elas próprias o(s) árbitro(s) e consentem mutuamente em que o seu litígio seja mediado desta forma. A arbitragem é neutra e imparcial, e a decisão tomada pelo(s) árbitro(s) é final e vinculativa, e é executória por lei. 

Associações e fundações 

O direito das associações e fundações preocupa-se com a área da prática jurídica que assegura o estabelecimento de associações e fundações e a sua aderência aos regulamentos existentes. O âmbito desta área inclui também decisões legais como a cessação ou revisão de uma determinada associação ou fundação com base em ações questionáveis da sua parte, tais como reclamações fraudulentas, decisões prejudiciais à comunidade ou ao país em que está estabelecida, operações ilegais como o branqueamento de capitais, ou qualquer ação que possa justificar um litígio. 

Seguros

O direito dos seguros trata de regular a adesão às apólices de seguros e a emissão de sinistros, e pode sobrepor-se a muitas outras áreas da prática jurídica, tais como o direito do trabalho, o direito das sociedades, o direito dos contratos, e a proteção dos consumidores.

 

Um advogado de seguros pode ser especializado em seguros e trabalhar exclusivamente dentro de uma companhia de seguros, ou pode ser um advogado em qualquer outra área pertinente e oferecer os seus serviços a indivíduos ou organizações, dependendo do caso.

Direitos de autor

Parte da resolução de litígios de propriedade intelectual envolve os direitos de autor, a proteção dos direitos legais de propriedade que é concedida ao proprietário da propriedade intelectual. Como o nome indica, diz respeito ao direito de cópia, e como tal restringe a quantidade de indivíduos ou organizações - geralmente constituídos pelo próprio proprietário e por qualquer parte a quem concedam permissão explícita - autorizados a reproduzir a obra em qualquer capacidade.

 

Podem ocorrer problemas de direitos de autor em casos de obras de arte roubadas, obras literárias, nomes de marcas, e qualquer instância em que a propriedade intelectual em questão seja duplicada sem autorização do proprietário. Os advogados de direitos de autor assistem os seus clientes na reivindicação dos seus direitos legais à propriedade da sua propriedade intelectual. 

Automotivo

A lei automóvel envolve a regulação dos processos de venda e compra de automóveis, reparação de automóveis, reclamações de segurança, e casos de acidentes. Como tal, estão envolvidas questões de direito de trânsito e direito rodoviário, bem como direito de proteção do consumidor, direito contratual e direito dos seguros. Espera-se que tome medidas legais em caso de compra de um automóvel defeituoso, e um advogado especializado nestas diferentes áreas de prática pode assisti-lo na reclamação de danos.

Arrendamento

A assinatura de um contrato de arrendamento refere-se à celebração de um acordo vinculativo entre uma parte que transporta um imóvel e outra que o adquire, por um período de tempo limitado e sob certas condições.

 

A lei do arrendamento envolve, portanto, questões de direito contratual e imobiliário, e com ela surgem questões de direitos de propriedade e as obrigações do "ofertado", ou da parte que adquiriu o imóvel. Um arrendamento é tipicamente um contrato escrito, especificando os termos de início e fim e permitindo a renovação em certos casos. Também estão envolvidos nos regulamentos de arrendamento as leis de garantia, a fim de assegurar o respeito dos termos da garantia feita pelo ofertante ao ofertado.

 

Em potenciais casos de disputa legal entre as duas partes, advogados especializados em contrato e/ou bens imóveis estarão tipicamente envolvidos, a fim de resolver o litígio e impor o respeito dos direitos e obrigações de cada parte. 

Banca e bolsa de valores 

A lei bancária é a área de prática jurídica que abrange a forma como os bancos e os organismos financeiros conduzem os seus negócios, regulamentando e aplicando uma série de legislações e procedimentos estatais que as organizações bancárias devem cumprir.

 

A lei bancária é um instrumento regulador crucial dado o significado do efeito de um banco sobre a economia global do país, e a importância de dar prioridade à transparência e responsabilidade nos bancos e instituições financeiras. Entre os regulamentos levados a cabo pelas leis bancárias estão a prevenção do branqueamento de capitais, a garantia da confidencialidade dos clientes, e o fornecimento de igualdade de oportunidades bancárias a todos os residentes, independentemente da sua posição social e/ou económica.

 

Do mesmo modo, a lei da bolsa diz respeito à regulamentação dos mercados financeiros e transações dentro destes mercados, e depende também do contexto social, político e económico circundante. Rege procedimentos como a normalização de preços, negociabilidade e negociação, e representa um ramo do direito comercial ou empresarial. 

Encontre um advogado ou empresa qualificada

É advogado ou solicitador?

Referencie o seu escritório no primeiro website especializado para advogados e solicitadores!